Dos 5.000…aos…10.000…aos…

Por José Reinaldo do Nascimento Filho

Não poderia deixar que ficasse em branco esses mais de 5.000 acessos realizados desde que o blog foi idealizado (precisamente dia 3 de julho de 2009). São 5.000 números que possibilitaram várias interpretações e reflexões. Espero que você, ao término desta leitura, possa contribuir deixando a sua opinião. Para você, caro leitor, seguem algumas divagações. Boa leitura.

Muitos afirmariam que o simples acesso não significa muita coisa, se o ato de ler não for concretizado; outros diriam que a maioria absoluta dos acessos fora realizada pelos próprios participantes do blog (não deixa de ser verdade, pois no meu caso não há um dia sequer em que um clique não seja dado); alguns, mais pessimistas, poderiam até afirmar que nosso blog não se diferencia em muito de tantos outros que por aí existem, e que ele, por não possuir o aval ou o peso da ciência literária, está fadado à mesmice e a atrofia, levando por sua vez a uma morte prematura.

Muitas interpretações e divagações à procura de sentido (e porque não sentidos?) é o que proponho aqui. O que é esse blog para mim? O que estes 5.000 acessos representam? Chegaremos aos 10.000 ainda “vivos”? Foi justamente nessa tentativa de buscar sentido – para valorar ainda mais nosso blog – que busquei nas minhas memórias, autores que pudessem sustentar minha explanação.

Na dedicatória ao leitor de Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis disse que certa vez Stendhal confessou haver escrito um dos seus livros para cem leitores, e que não admiraria que sua obra, provavelmente, “não teria os cem leitores de Stendhal, nem cinqüenta, nem vinte, e quando muito, dez. Dez? Talvez cinco”. Que perspectiva! É algo que não esperamos de um Machado ou um Stendhal. E se eu dissesse que estes autores dar-se-iam por satisfeitos, se angariassem a simpatia de um único leitor, o que você diria? Humildes ou simplórios? Era o “sentido” que os alimentava; essa coisa que valoriza uma ação – no caso deles a construção dos seus livros; para nós, o blog.

Este “sentido” de que tanto falo é aquela sensação interior de utilidade produzindo felicidade; manifestado naqueles momentos em que percebemos que nossas atitudes possibilitam um sorriso sincero, os valores são modificados e nossas ações causam experiências positivas. É saber que existem tantas Thamiris Sande, Lucilene Marcelo Almeida, ou Lorena Ramos que lêem nossos textos e compartilham (sem receio algum) suas histórias; saber que estamos aprendendo a escrever e ler melhor; saber que nossas reflexões contribuem com a formação intelectual do grupo. Ter a consciência que este “sentido” está sendo cristalizado é realmente gratificante e enriquecedor.

Para mim, comungar uma experiência como essa com dois grandes nomes da literatura – autores que, de forma marcante, conseguem fascinar e comover através do bom uso das palavras – foi de uma felicidade indelével, por saber que esses “Grandes” possuem o peso da História, além das palavras de ciência, tão importantes para nós, que almejamos sempre o melhor nos nossos textos.

Aqui termino minha curta reflexão sobre os mais de 5.000 acessos, e como havia escrito anteriormente, espero que você, leitor, possa contribuir com novas reflexões e divagações.

E então, o que tem a dizer?

Anúncios

4 Respostas para “Dos 5.000…aos…10.000…aos…

  1. A minha parte desses 5.000 eu quero em dinheiro…

    Realmente o valor das coisas é relativo. 5.000 acessos para o site do Terra ou para o blog do Reinaldo Azevedo não são nada. Para mim, campeão mundial de projetos não terminados, significam a consolidação do blog; significa dizer que essa boa idéia (que não foi minha, ressalte-se, mas de Reinaldo Filho) vingou e que todos nós temos contribuído BASTANTE para a formação uns dos outros.

    “Se o propósito é esse último aí, por que se importar com o número de acessos, já que vocês só escrevem para vocês mesmos?”

    Porque é bom saber que há pessoas que acabam lendo nossos textos. E o número de acessos, na verdade, para mim reflete muito o acesso que nós mesmos, membros do blog fazemos. Isso quer dizer, no meu ponto de vista, que gostamos do que escrevemos e do que o outro escreve.

    Só vejo belos horizontes em relação ao nosso Catálise Crítica. Não, não vamos nos tornar o blog mais lido do Brasil nos próximos meses, nem vamos ganhar o prêmio de blog mais original do ano. Mas tenho certeza de que ele será o blog mais lido por MIM e pelos outros membros e que as minhas produções mais originais figurarão no blog.

    E este é todo o sentido que o blog carrega.

    Parabéns a todos nós que construímos os posts e fazemos esse blog.

    E vamos botar a mente para funcionar para sempre incrementarmos esse nosso projeto, desafiando nossa mente cada vez mais.

  2. No momento em que estou escrevendo já estamos chegando aos 6000. É muito legal pensar que o nosso blog já foi visitado por pessoas tão longínquas de nossa realidade. Isso mais do que qualquer coisa nos deixa uma obrigação maior de fazer sempre textos com qualidade cada vez mais refinada.

    Independente de tudo isso, essa cifra significa todo nosso empenho e o caminho percorrido até aqui. Hoje, mais do que nunca, o blog faz parte de minha rotina, de minhas responsabilidades.
    Não passo um dia sem olhar o blog pelo menos uma vez, e sempre busco comentar o mais rápido possível, para que os outros considerem não apenas o texto mais também os próprios comentários, como já ocorreu várias vezes.

    xD

    Parabéns a todos, essa é uma grande data, que só será lembrada novamente quando lançarmos nosso livro, na dedicatória.

    😀

  3. Uhuuu!! 5.000 acessos.. Parabéns!
    Muitos ai são meus!! (rsrsrs..)

    Não passo um dia sem acessar o blog. Fico maravilhada com os textos, e otimista por saber que o Brasil possui pessoas como vcs.
    É enriquecedor todas as informações obtidas aqui. Muitas vezes em discursões em meu curso de pré-vestibular exponho meus pontos de vista que adquirir lendo seus textos.

    Mais uma vez PARABÉNS!!!
    🙂

  4. Pode ter certeza Thamires que agradecemos sua participação, que de maneira tão enriquecedora contribui com nosso blog. E a propósito, diz aí seu blog para que agente possa acessar.

    Flw. Continue lendo e comentando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s