Turma do Bairro #1

Por José Eduardo Ribeiro Nascimento

Uma das mais fantásticas formas de arte, na minha opinião, é os quadrinhos. Depois de alguns meses volto a falar sobre o tema (a primeira vez que o abordei foi em meu primeiro texto para o blog, sobre Watchmen), e volto com uma abordagem mais simples e direta sobre um ramo dos quadrinhos: as tirinhas.

Todos conhecem e imagino que todos se divirtam com sua leitura, por isso, no lugar de falar sobre as minhas preferidas, os desenhistas, a evolução histórica etc., resolvi criar personagens, criar uma história; desta forma estarei, regularmente, postando continuações. Estarei dando novos ares ao blog, por fazer algo diferente, e realizando uma antigo sonho meu, pois, no meu mundo perfeito, eu conseguiria seguir esta profissão, sem correr o risco de morrer de fome.

Leiam, e comentem.


Anúncios

5 Respostas para “Turma do Bairro #1

  1. Bela tira, Eduardo. Gostei especialmente da “personalização”, do formato dos personagens. O garoto lembra Doug, mas tem características próprias suficientes para ser ele mesmo.

    Lembro no curso de formação que fiz quando fui aprovado no concurso, em 2002, que havia uma assistente de um professor (a famosa PageDown Button Operator), cuja função era somente passar os slides, mas ela se atrapalhava toda. Depois, comentando com turma, afirmei que nunca encontrei uma mulher que tivesse verdadeira intimidade com os computadores. Claro que quase fui apedrejado por isso, mas, até hoje, não encontrei essa mulher. Certamente elas existem, mas eu não conheço nenhuma.

    Uma boa piada, para zoarmos com os amores de nossas vidas, essas mulheres…

  2. Pós-conclusão realista que me entristece: para além de adjetivar ou não a que classe pertence quem ri por último, é como se eu atestasse que os burros riem melhor. Riem coletivamente, massificadamente, na mais branda das hipóteses!

    WPC>

  3. Ficou, realmente, muito bom. Agora esse título…… Jesus, é tristemente nada original.
    Quanto a piada, acho que as mulheres não deverão gostar muito, não.

    Parabéns! E continue com as tirinhas.

  4. Só fui me lembrar que tinha que dar um nome quando já ia apertar o botão postar, aí coloquei a primeira coisa que me veio à cabeça. Portanto, provavelmente, a tira será re-batizada quando sua continuação for postada.

    😀

  5. Legal. Verdade que não foi, digamos, muito “cavalheiro”, mas ficou bem criativa, sem dúvida. Há pessoas que detestam mesmo isso e brigam pra valer. Prefiro não emitir opinião (mas, é claro que homens são bem mais previsíveis, qualquer uma pode ler seus pensamentos!).
    Muito bom. Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s