Disney: Clássicos da Literatura – Volume 4

Por José Eduardo Ribeiro Nascimento

Mickey e os cavaleiros da Távola Redonda
História produzida em 1988
Roteiro de Sisto Nigro e arte de Giampiero Ubezio
35 Páginas
HQ Inédita no Brasil

Mickey nos tempos do Rei Artur
História produzida em 1966
Roteiro de Vic Lockman e arte de Paul Murry
10 Páginas

Donald e a lenda do Rei Artur
História produzida em 1988
Roteiro de Sauro Pennacchioli e arte de Sandro Dossi
33 Páginas
HQ Inédita no Brasil

Donald e Margarida em Tristão e Isolda
História produzida em 1996
Roteiro de Alberto Autelitano e Luciano Bottaro e arte de Luciano Bottaro
68 Páginas
HQ Inédita no Brasil

A HQ que abre o volume faz parte de uma série de histórias originais da Itália que conta com Mickey e Pateta viajando no tempo, com a máquina do Dr. Marlin, para descobrir a verdade sobre mitos e lendas. Algumas histórias desta série já foram publicadas no Brasil nas décadas de 80/90. Nesse caso em particular, eles viajam para a Bretanha, no séc. VI, para verificar se a tal mesa dos cavaleiros era redonda mesmo. A graça da HQ é ver os protagonistas se esforçando para não mudar o rumo da história, sendo claro que participam, de uma forma ou de outra.

A segunda história (vejam só, neste volume há duas histórias com Mickey, e não Donald, protagonizando), curta e simples – eles devem ter incluído apenas para completar a edição, não faz feio, sendo muito engraçada. Mickey acidentalmente pega a espada da pedra, para cortar um salame, e torna-se Rei, sendo Gastão um de seus cavaleiros. Para salvar Minie, ele vê em Pateta, e sua espada invencível, a unica esperança de reavê-la.

Na terceira história, baseado no clássico A Espada era a Lei, Donald e Gastão disputam a coroa. A Maga Patalógica ajuda Gastão, com o intuito de governar em seu lugar, transformando Donald num sapo. Daí vai o desfecho dos contos de fada: encontra a princesa (com a ajuda do Pardal e dos três sobrinhos), beija-a, e vai buscar a espada e retomar o trono. História legal simples e direta.

A última história é a melhor de todos os volumes até aqui, mas também a que mostra o traço mais feio. Tio Patinhas, para se livrar de uma pretendente, manda Donald Tristão buscar a Princesa Isolda para casar-se com ela, mas Donald acaba se apaixonando por Margarida Isolda. Há um desfecho muito bom, com reviravoltas, vários personagens coadjuvantes e antagonistas diversos. Uma ótima homenagem ao casal histórico, com um desfecho imprevisível, eu diria. Pena que a arte seja simples, em alguns casos até feia.

Anúncios

Uma resposta para “Disney: Clássicos da Literatura – Volume 4

  1. Agora eu digo de certeza: li algumas destas estórias nos antigos Almanaques Disney que consumia na infância e adolescência. Pena que nunca mais os encontrei e que estas edições que adquiriste com certeza são preciosas e caras demais para serem emprestadas (risos)… Nunca tive teu tato para avaliar a “arte”, mas que as adaptações com os personagens são muito engraçadas, ah, são… Tuas sinopses não deixam dúvidas sobre isto!

    WPC>

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s