Guerra dos Tronos – George R. R. Martin

Por José Leonardo Ribeiro Nascimento

Quem fala demais dá bom dia a cavalo.

Esse é um dos ditados que mais repito em casa, em forma de brincadeira, porque, dado o fato de que usualmente eu não falo muito e sou bem cauteloso na hora de falar, a realidade presente nele poucas vezes se aplica a mim.

Escrevi, há quase um ano, um post reclamando da adaptação da tradução da obra Game of Thrones de George R. R. Martin pela Editora Leya. Na época havia lido em vários blogs a respeito disso e a prévia que a própria editora havia liberado para o público não me animara. Como fã da obra que sou (e já falei a respeito disso diversas vezes), expressei minha decepção e condenei o livro antes de lê-lo, e ainda disse que não iria comprá-lo, chegando a conclamar os leitores a fazerem o mesmo.

Pois bem. Terminei ontem de ler o livro, esse mesmo que eu não só flagelei, como crucifiquei e sobre o qual ainda escarrei. A série televisiva da HBO (perfeita, diga-se de passagem) me impulsionou a isso, e o fato de Eduardo ter lido e não ter notado grandes problemas sedimentou em mim a decisão. De revisitar a história que já havia lido em inglês duas vezes. Não bastasse isso, acabei encontrando uma promoção e comprei os dois livros já publicados (Guerra dos Tronos e Fúria dos Reis) por metade do preço. Não vou falar aqui da trama, pois já há outros posts nesse mesmo blog a respeito disso (aqui e aqui), e sim de como mordi a língua ao detonar a adaptação da tradução da Editora Leya antes de conhecê-la.

Lia o livro e ao longo das suas quase seiscentas páginas encontrei talvez cinco passagens que denunciavam essa adaptação. Fora isso (que não é nada tão grave), a leitura transcorreu sem quaisquer problemas.

Continuo afirmando que é um erro e um desrespeito ao autor da obra adaptar um livro a partir de uma tradução e não traduzir novamente do original, mas ao mesmo tempo reconheço: dei bom dia a cavalo.

Anúncios

6 Respostas para “Guerra dos Tronos – George R. R. Martin

  1. Pingback: Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios – Marçal Aquino « Catálise Crítica

  2. Deve ser indignante mesmo…
    Não conheço as traduções nem li o livro, mas… entendo, entendo!

    Não vi a série, burrei, mas esperarei a HBO reprisar…

    Quanto ao ditado popular, dou bom dia até aos carrapatos do cabalo, literal e metaforicamente e, por ora, não me arrependo disso não (risos)…

    WPC>

  3. A tradução realmente não atrapalhou em nada, para mim que não li o original. E como você, que já o leu, aprovou, então só temos que agradecer a Leya pela iniciativa de trazer os livros para o Brasil, e também pela velocidade com que está trazendo os outros livros. Fúria dos reis em março, tormenta de espadas em setembro… xD

  4. Pingback: Melhores Momentos – 2011 « Catálise Crítica

  5. Pingback: Top 10 – Livros – Eduardo « Catálise Crítica

  6. Primeiramente parabens pelo blog….os comentarios e resenhas sobre os livros sao importantes para nos auxiliar a escolher um livro. Gostaria de uma ajuda para me indicar uma serie como Gerra dos tronos, com suspense, realismo nas descricoes, humor satiro etc…oq vc me recomenda..obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s