Literatura complementar a Harry Potter

Por José Eduardo Ribeiro Nascimento

Com a fama que obteve com seus livros, J. K. Rowling escreveu alguns textos complementares ao seu universo. Esses textos foram divididos em três livros: Quadribol através dos séculos, Animais Fantásticos e Onde Habitam (publicados na Inglaterra em 2001, mesmo ano de lançamento do primeiro filme) e Os contos de Beedle, o bardo, publicado mundialmente em dezembro de 2008.

Os dois primeiros livros foram citados em A Pedra Filosofal como parte do material didático dos alunos de Hogwarts. Os pequenos livros de 64 páginas trazem alguns detalhes do mundo dos bruxos. Em Quadribol através dos séculos conta-se a história do esporte oficial dos bruxos, as primeiras vassouras e sua evolução até os modelos atuais, as bolas (são quatro bolas: dois balaços, uma goles e um pomo de ouro), e o campo. Até há uma, infantil, mas interessante, evolução de esportes bruxos bárbaros até o atual Quadribol. Os maiores times da atualidade, e suas conquistas e outros fatos interessantes também estão presentes. É ideal para os fãs de até 14 anos, que ainda estão lendo os primeiros livros, pois para os fãs mais velhos o livro é bastante infantil.

Em Animais fantásticos e Onde Habitam temos pequenas descrições de algumas dezenas de animais que são citados nos livros. As citações são breves, e na maioria das vezes não dá nem para imaginar a aparência real dos monstros, em outras palavras, é um livro ruim, que não deveria existir (pode estar exagerando, talvez as crianças gostem…).

O livro Os contos de Beedle, o bardo está presente em As Relíquias da Morte. Dumbledore deixa esse livro para Hermione em seu testamento. É um livro de contos infantis para magos, com cinco contos. Os quatro primeiros variam do razoável ao mediano, mas o quinto, O conto dos três irmãos, relata a história das Relíquias da Morte, e é um ótimo conto.

Duas curiosidades interessantes sobre os livros: Em Animais Fantásticos & Onde Habitam e Quadribol através dos séculos, Rowling deixou várias anotações perdidas feitas por Harry Potter e Rony Weasley. Segundo o prefácio de Albus Dumbledore, os livros foram copiados dos originais de Harry Potter. A segunda curiosidade é que os royaltes das vendas dos três livros foram dados para obras de caridade.

Conclusão: os três livros são totalmente dispensáveis se você não é um fã incondicional da série. Caso o seja, vai encontrar boas passagens, relembrando a época em que saíamos do cinema preocupados com o filme que só viria dali a um ano (mas espere, ainda temos a Saga Crepúsculo! :D). Pura nostalgia.

Anúncios

3 Respostas para “Literatura complementar a Harry Potter

  1. Esses realmente são livros para fãs, especialmente os dois primeiros. Nunca li e acredito que nunca lerei nenhum dos livros da série Harry Potter, de forma que estes aí então… Mas fã que é fã gosta dessas coisas, não é verdade?

    • Certamente. Uma coisa bastante curiosa sobre Harry Potter, é que, conforme vou lendo mais livros, mais percebo o quanto Harry Potter é simples ao extremo. Seja na linguagem, nos artifícios da escritora, nas descrições e até na história em si, que é um amontoado de clichês. Claro que os clichês foram bem maquiados algumas vezes, mas estão todos lá… 😀

      Isso claro não muda minha opinião sobre a série. Gosto de Harry Potter pela parte imaginária mesmo.

      Sei que você não tem vontade de ler os livros, e na verdade não lhe recomendo que o faça. Antes lhe recomendaria Jonathan Strange & Mrs. Norrell, que acho, lhe agradaria, ou algum livro de Tolkien. O Hobbit é um ótimo livro para ler com André.

  2. Pingback: Resenha – Os Magos – Lev Grossman – uma releitura | Catálise Crítica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s