Sem respostas

Leia, clicando aqui, o início da A história de Elias.

Sem respostas

Estava agora à beira do túmulo. Mais uma vez, Samuel apertou a mão da sobrinha. Procurava, ao seu modo, preparar-lhe o espírito para os últimos momentos.

– Coragem, sussurrou.

Caiu a primeira pá de terra, a segunda, e as outras se foram sucedendo. Samuel apertou o corpinho da menina contra o seu, mais e mais, até sentir, na sua própria carne, os soluços que o agitavam.

– Onde está papai?

Samuel não conseguiu responder de imediato. Erguendo a cabeça, sondou as pessoas ali presentes, uma a uma. Em vão. Inspirou um pouco do ar morto, e então respondeu:

– Não sei querida. Não sei…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s