Desafio Literário – 31 dias, 31 livros #1

Por Eduardo

Agora em janeiro iniciei um desafio de leitura, de título auto explicativo. Essa ideia eu já vinha desenvolvendo há alguns meses, e me foi dada por um colega de trabalho, e leitor do blog, Ítallo. Resolvi pô-la em prática em minhas férias, e hoje estou já com quase 50% do desafio concluído. Neste primeiro post, pretendo dar uma visão geral sobre o desafio, e depois, sobre os livros lidos na primeira semana.

DL - Lista

A primeira coisa a se ter em mente é o tamanho dos livros, que deve variar conforme a velocidade de leitura de cada um. Estipulei para mim que, no geral, os livros deveriam ter uma média de 150 páginas. Alguns livros, como O falcão Maltês, 190 páginas, ultrapassam o limite, mas são equilibrados por outros, como Carta ao Pai, 83. Meus 31 livros somaram 4706 páginas, uma média de 152 páginas por dia. Outro ponto que busquei no desafio foi de que deveriam ser todos livros inéditos, e de 31 autores diferentes. Continuar lendo

Top 10 – Leonardo

Por José Leonardo Ribeiro Nascimento

Eu havia estabelecido como meta pessoal para o ano de 2013 ler 40 livros. Uma meta modesta, pensava eu, já prevendo o tempo que eu investiria na preparação para a seleção do mestrado neste ano. No final das contas, li 41 livros, quase todos resenhados aqui no blog.

Este foi um ano novo para o Catálise Crítica e para mim enquanto leitor. Fechamos parcerias com as Editoras Intrínseca e Companhia das Letras, e, como consequência disso, li muitos livros que originalmente não entrariam na minha fila de leitura. Não comecei a ler tudo que é blockbuster apenas para atrair visitas para o blog. Entendo quem faz isso, mas meu tempo é escasso demais para ler algo cuja chance de eu detestar eu sei que é muito grande. Continuar lendo

Minhas leituras em 2012

Por José Leonardo Ribeiro Nascimento

Como não li tantos livros este ano (entre o final de janeiro e o início de maio não li praticamente nada), decidi listar aqui tudo que fez parte do meu mundo literário (pelo menos tudo que eu lembrar). Está mais ou menos em ordem cronológica:

1 – A trilogia Dupin – Edgar Allan Poe

Três contos para conhecer um dos personagens que inspirou Sherlock Holmes. Não foi um livro que me conquistou, mas a leitura vale a pena, já que ainda é um Poe.

Continuar lendo

Top 10 – Livros – Eduardo

Por José Eduardo Ribeiro Nascimento

10 – Diário de Campanha – Império – Capítulo 1 e 2;

Foram apenas 2 aventuras, e não muito boas, na verdade, porém voltar a jogar RPG depois de tanto tempo, foi muito legal. Mostrei o RPG para André, meu sobrinho de 8 anos, que gostou, apesar de só prestar atenção na hora das batalhas… Além disso, Continuar lendo