Resenha – A visita cruel do tempo – Jennifer Egan

download

Por José Leonardo Ribeiro Nascimento

Se tem um livro de ficção recente que rivaliza com A fantástica vida breve de Oscar Wao (resenhado aqui) no que toca ao prestígio junto aos críticos, este livro é, sem dúvida, A visita cruel do tempo, de Jennifer Egan. Como não poderia deixar de ser, ele estava na minha lista, no meu cânone imaginário, e, aproveitando uma compra de livros para meu filho na Amazon brasileira, comprei o meu exemplar e coloquei-o na frente de tudo que planejava ler.

Queria tirar a prova, ver se com este aqui eu também iria me decepcionar.

Uma diferença fundamental que eu tive na experiência de leitura dos dois livros é que enquanto eu sabia muito bem do que tratava o livro sobre Oscar Wao (o que, de fato, não impediu que eu me surpreendesse com o teor da obra), sobre A visita cruel do tempo eu não sabia nada mais além do frisson que ele causou e do que sugere fortemente seu título: arrependimento, remorso, sensação de perda, enfim, o que quer que você imagine que acontece quando você recebe (ou percebe) a visita cruel do tempo, a mostrar tudo que você deixou de fazer ou não conseguiu fazer ou fez, só que se arrependeu etc. Continuar lendo

Resenha – A fantástica vida breve de Oscar Wao – Junot Díaz

a-fantastica-vida-breve-de-oscar-wao

José Leonardo Ribeiro Nascimento

Sou daqueles que gostam de listas e sei que não estou sozinho neste mundo. Por mais que saiba que listas de melhores isso ou aquilo sempre serão subjetivas, não resisto e me vejo muitas vezes pesquisando “melhores ….. da década” ou, para universalizar mais a busca, “best … of all time”, “best … of 2016 so far” e assim por diante.

Na maioria dos casos, os pontinhos são substituídos por “novels”, “jazz albums”, “movies”, “short stories” e vários subtipos. E lá vou eu explorando as listas e concordando aqui, discordando ali e, principalmente, criando, aos poucos, o meu cânone imaginário, aquela relação de livros/filmes/músicas que quero ler/ver/ouvir.

Como o assunto no momento são os livros, atenho-me a eles. Puxando da memória, lembro rapidamente de pelo menos cinco livros que eu nem tenho (com exceção desta ora resenhado), mas que fico só pensando em quando poderei ler:

– A fantástica vida breve de Oscar Wao – Junot Díaz

– As Incríveis Aventuras de Kavalier e Clay – Michael Chabon (esgotado em todos os fornecedores, difícil demais de encontrar)

– Submundo – Don DeLillo

– Dentes brancos – Zadie Smith

– A visita cruel do tempo – Jennifer Egan Continuar lendo